agosto 15, 2013

Fall - Capítulo 25

Capítulo 25 - Eternamente


" Toque-me agora, eu fecho meus olhos e fico sonhando... "
[...]

Eu tinha acordado, porém preferi continuar deitado olhando o quão linda Jan ficava dormindo, até que ela acordou e quando ia se levantar, eu puxei-a.
_ Não, fica aqui.
_ Tenho que ir pra casa.
_ Eu sei, só que eu quero que você fique mais um pouco.
_ Tudo bem.
Ela se deitou com o rosto perto do meu e eu fiquei acariciando-a.
_ Porque você terminou comigo por causa daquilo? Deitar no colo de uma mulher qualquer não significa nada.
_ Como não? Do jeito que vocês estavam? Me polpe Justin.
_ Era minha dançarina amor, eu só estava cansado.
_ Mas eu tenho ciúmes do que é meu e você sabe disso. Agora eu tenho que ir.
_  Psiu.. eu sou seu é?
_ Unhum, só meu.
_ Então vem aqui.


_ Justin, não...
_ Eu sei que você também quer.
_ Está cedo.
_ Não, já são mais de onze horas da manhã e temos que aproveitar esse tempo que temos.
_ Não..
_ Me dá um beijo então.  - disse perto de sua orelha.
_ Porra Justin.
_ Eu sabia.
_ Desgramado, assim não vale.
_ Entre quatro paredes vale tudo, vem cá com seu Justin vem.
_ Você falando assim é tão gostoso.
_ Então para de falar e vem logo.
Jan selou nossos lábios e eu alisei todo o seu corpo com minhas mãos, fazendo-a arrepiar.
_ Você não cansa de ser gostoso não Juss?
_ Nem um pouco.
_ Adoro seu bumbum, são mordíveis.
_ Eu sei.
_ Seus peitos, coxas e braços também.
_ Um hum..
_ Para de falar com esse tom.
_ Jan, eu já estou duro.. Como quer que eu fale? Não dá.
_ MEU DEUS! Mais já?
_ Com um beijo você me deixa assim.
_ Pena que preciso ir embora.
_ Jan, não faz isso.
_ Já fiz haha! Adoro fazer isso com você.
Ela já estava na porta quando eu pulei na sua frente, joguei a bolsa dela no chão, tranquei a porta e rasguei sua blusa, puxando-a para mais perto do meu peitoral que estava nu.
_ Hoje você não vai fazer isso.
_ Ah garoto, seu gostoso.

Ela me puxou para mais perto e eu peguei-a no colo, indo até a cama e jogando-a brutalmente, ficando sobre seu corpo em seguida e beijando toda a sua extensão.
Jan estava apenas com suas roupas íntimas e cabelos bagunçados. Eu já não estava conseguindo me segurar mais e logo fizemos amor, foi bem selvagem, mas romântico ao mesmo tempo.
_  Porra Justin, porra.

Parecíamos cachorros no cio, sério. A coisa tava feia, era como se tivéssemos ficado anos sem fazer isso, foi estranho, mas um estranho bom, muito bom e gostoso.
_ Seu idiota, nunca mais faça isso!
_ Você gostou.
_ Seus vizinho vão reclamar disso, que vergonha, credo. Pareci uma vadia.
_ Sua boba, nada a ver.
_ Agora preciso ir.
_ Fique pronta às seis da tarde.
_ Pra que?
_ Surpresa.
_ Ah, conta.
_ Não pequena, espera que você verá.
_ Dá uma dica então, por favor.
_ Nem adianta fazer essa carinha porque não vou falar nada, mas eu sei que você vai gostar.
_ Chato.
_ Linda.
Selei nossos lábios e me despedi dela. Estava ansioso para mais tarde, ela iria amar a surpresa.
[...]
Cinco da tarde, tomei um banho quente e demorado porque estava um dia frio e me arrumei para esperar por Justin. Logo ele chegou.
_ Que lugar longe.
_ Já chegamos sua apressada.
Justin desceu e abriu a porta para eu descer também. Fique aqui, vou ver se está tudo em ordem.
_ Tudo bem.
Sorri e ele foi, voltando rapidamente e me guiando enquanto sua mão estava sobre meus olhos.
_  Espero que goste da surpresa.

Justin havia nos levamos para uma Cabana que ficava alguns minutos de distância de nossas casas. Assim que entrei, pude ver que ele tinha preparado um jantar à luz de velas e ao andar mais uns passos, senti pétalas de rosas que estava espalhadas pelo chão, assim como também tinha na cama, formando um coração. Estava perfeito.
_ Eu tenho sentimentos sabia? Sinto que daqui a alguns segundos vou chorar.
_ Sua boba.
_ Eu te amo tanto.
_ Não mais que eu.
_ Claro que é, seu lindo.
Selei nossos lábios e depois fomos para a linda mesa que ele havia preparado.
_  Você quem fez?
_ Sim.
_ Não vou me arriscar.
_ Ah Jan, se tiver ruim come do mesmo jeito... Fiz com carinho.
_ Estou brincando amor, eu sei que está ótimo. Você é ótimo em tudo que faz.
_ Sou é?  - disse mordendo os lábios.
_ Um hum.

Justin tinha feito uma comido muito saborosa, até parecia não ter sido ele quem tinha feito. Ficamos um longo tempo jogando conversa fora até que ele selou nossos lábios apaixonadamente e me pegou em seu colo me levando até a cama, me deitando na cama lentamente e olhando para meus olhos.
Ele apenas deu um pequeno beijo em meus lábios e foi ate meus pés tirando meus sapatos e subindo os beijos até meu pescoço. Rapidamente ele tirou sua jaqueta e retirou meu vestido arrastando o zíper lentamente. Meus olhos estavam fechados para eu poder sentir o momento, e ao abri-los novamente, me via apenas com roupas íntimas. 
Desci minhas mãos até os botões de sua camisa e desabotoei-a. Agora ele estava apenas de boxer branca e seu membro já estava dando sinal de vida, erecto e rígido. Mais dessa vez eu só queria apreciar os lábios seus lábios assim como ele apreciava o meu corpo.
Rapidamente ele retirou minha calcinha e depois livrou-se se sua cueca. Drew se posicionou entre minhas pernas mas apenas deu beijos em meu pescoço, deixando meus pelos eriçados. Não demorou muito para que Justin me penetrasse lentamente, começando por movimentos lentos, e nós apreciávamos o momento ao som de uma música romântica.
Sua língua brincava em uma dança romântica com a minha. Justin segurou em minha cintura e sem deixar com que ele saísse de mim, se ajeitou e me manteve a cavalgar nele. Seus lábios tomaram conta dos meus seios com prazer e de vez enquanto ele dava algumas investidas com os quadris me fazendo revirar os olhos de prazer.
Após quase 1 hora de prazer, chegamos ao ápice juntos. Senti seu liquido quente jorrar dentro de mim e nossos corpos suados em contato. Cai exausta sobre seu corpo e seus olhos fitaram os meus intensamente, ele entrelaçou nossas mãos e deitei minha cabeça sobre seu peito, escutando os batimentos fortes de seu coração. Pousei minha mão em seu peito sentindo as batidas fortes,Justin deu um pequeno beijo em minha testa e me abraçou.

_  Eu vou te amar eternamente.  - disse com sua voz rouca, me fazendo fechar os olhos e sentir seus lábios tocando os meus.


-------------------------- Fim ?? --------------------------
Segunda temporada quando a música do Justin com a Ariana for lançada, beijos e obrigada pelos Favoritos e Comentários :*

  • Participem do grupo no Face para ficarem atualizada com novos capítulos: aqui .
5 Comentários
Beijos,
Dani.

12 comentários:

  1. Simplesmente perfeito, eu adorei *------------* continuaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Ai que coisa mais fofa, eles são perfeitos <3 CONTINUA, DANIIII!!!

    ResponderExcluir
  3. Cooooooooooooooooooontinua perfeito demais

    ResponderExcluir
  4. Perfect !!! Continua !!! By : Anne

    ResponderExcluir
  5. Leitora nova :))))Coooontinua ta perfeito *-----*
    By:@PrincessBiieber

    ResponderExcluir
  6. Leitora nova! (:
    ameeeeeeei esse cap <3 continua gata *o*

    por: Bruna

    ResponderExcluir
  7. oiii
    se não for muito incomodo,vc poderia divulgar meu blog por favor?
    imaginecomjasonmccann-2.blogspot.com

    Obg.
    se não puder eu vou entender.
    :3

    ResponderExcluir
  8. ei girl, vai postar mais nao?

    continua plss <3

    ResponderExcluir
  9. Contiinuuuaaaa !!!!! diivaa ta perrfeiiitooo <4

    ResponderExcluir
  10. AI MEU JUSTIN! Começa logo a 2 temporada por favor!!!!!!! :)

    ResponderExcluir
  11. Aaaaah, nao vejo a hora de ler a segunda temporadaaaaaa!! Sou leitora nova, e estou amandooo mto !! Parabens, ficou mto legal ! O melhor q ja lii !! <3

    ResponderExcluir
  12. Oiie amor , olha só isso https://www.youtube.com/watch?v=otSlt4keXCs , agora pode começar a segunda temporada , bjim no core ♡♡♡ ( Giovana )

    ResponderExcluir

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal