junho 14, 2013

One More Night - Parte 22

Capítulo 22 - I Miss You 

Dêem o play e caso acabar, coloque novamente *-*
" Onde você está? Eu sinto muito, não consigo dormir, eu não consigo sonhar esta noite. Eu preciso de alguém e sempre essa doente escuridão estranha vem se arrastando, me assombrando toda hora .. 

**

J: Shhh .. vai ficar tudo bem. Fica calma, você precisa conversar com eles.
K: Eu não quero Jason. Você viu no que deu? Sempre gritamos uns com os outros. Minha mãe me bateu Jason, você tem noção? Eles deveriam me abraçar, falar que sentiram saudades e ouvir meu lado da história, mas não. Eles sempre ficam do lado do Christian, sempre a preferência é ele. Que saco !
   Ela estava tremendo tanto, que pensei que ela cairia morta ali. 
Nunca a vi como agora, e isso me fazia querer matar todo mundo. Eu precisava matar alguém, eu preciso disso.
K: Jason?
J: Fala
K: Você não está pensando o mesmo que eu né?
J: você não vai fazer isso Kath
K: E porque não? Eu gosto de fazer isso
J: Mas nem tem ninguém pra você fazer isso e se for pra acontecer, eu que farei
K: Eu vou matar o Christian .
J: VOCÊ O QUE? - ela não pode, é irmão dela - 
K: - ela deu crise de risos - 
J: Kath?!
K: Louco, eu não seria capaz. É meu irmão, nada haver. Enfim, vou matar alguém aí
J: Não Kath, você não vai.
K: Você não manda em mim porra!
J: PARA KATH! JÁ CHEGA. Você não sabe caralho nenhum de nada e acha que já pode sair matando todo mundo porque algo te magoou. Você fugiu de casa Kath, fugiu. Tem noção de como seus pais devem ter ficado? Não era preciso ter sido rude como foi e muito menos colocar a culpa dos seus atos em alguém que não tem nada, absolutamente nada haver.


~ Katherine ~

Eu não disse nada, apenas o abracei e cai em lágrimas.

**
            Algumas semanas haviam se passado, o teste do DND tinha dado positivo e foi uma festa e tanto. Jason mudara bastante durando esse período, ele estava uma pessoa totalmente diferente. Até me convenceu de conversar com meus pais, mas disse que iria deixar pra depois que queria mesmo focar no que estava acontecendo no momento.
Nós estávamos a caminho da casa de seus pais, quando algumas viaturas nos cortaram, fazendo Jason frear de repente:
K: Oh my god. O que está acontecendo?
J: Quando eu sair, você vai embora
K: Jason, me conta o que está acontecendo
J: - ele não respondeu, apenas retirou uma arma debaixo no banco em que estava - 
K: Jason, pra que isso? É a polícia
J: Era isso a conversa séria que queria ter com você. Kath, desculpa. Eu não mudei nada, eu apenas mudei com vocês, mas eu ainda continuo sendo o mesmo cara de sempre. Eles me pegaram, agora preciso resolver essa parada.
K: Não faz isso Jason - eu já não conseguia mais segurar as lágrimas que caiam sem parar - 
J: Eu preciso
K: Jason, eles vão matar você. Não vai, por favor.
J: Desculpa.

 

K : NÃO JASOOOOOOOON! - falei saindo do carro - 
        Tarde demais, ele atirou em um dos policiais que ali estavam e um que estava mais à frente, disparou contra ele. Todos em seu abdômen, e ele caiu no chão.


 Não pensei duas vezes antes de ir até ele, foda-se se eles me acertassem também. Era o meu noivo que estava ali, o meu Jason:
K: Jason, fala comigo. Por favor, não faz isso Jason .. ai meu Deus! Eu preciso de você - eu estava trêmula, soando e chorando que nem uma criança - por favor, não vá. 
Eu não sei como ainda conseguia falar algo, ele estava morrendo ali, nos meus braços. Jason já estava dando seus últimos suspiros, e seus olhos estavam piscando devagar.
K: Jason, eu preciso de você. Por favor cara. Por que você é tão teimoso em? Eu falei pra você não fazer isso, eu te pedi...  Amor?
J: desculpa minha pequena - disse quase sem voz - eu te amo Kath, o Justin vai cuidar bem de você.
K: Como assim ele vai cuidar bem de mim? O que está acontecendo ? Jason, por favor. - ele se foi, eu dei um beijo em seus lábios e fui interrompida por um policial idiota - 
Policial: Senhorita, se afaste por favor.
K: SAI DAQUI SEU DESGRAÇADO!! VOCÊ O MATOU, VOCÊ O MATOU - eu estava descontrolada, peguei a arma do chão e mirei bem no meio da cara daquele idiota - DESGRAÇADO.
      Quando destravei a arma, surgiu um outro policial do meu lado e se jogou no chão junto comigo:
K: SAI DAQUI SEU VERME!
Policial: Você precisa se controlar
K: ME CONTROLAR? VOCÊ DISSE QUE EU PRECISO ME CONTROLAR? COMO QUER QUE ISSO ACONTEÇA? VIU O QUE FIZERAM? VOCÊS O MATARAM .. o mataram
      Cai no chão pois já não tinha mais forças pra ficar em pé.
Foram 4 anos juntos, ele tinha me dado o anel de noivado mais lindo de todos. Mesmo não dizendo em meras palavras, foi isso que ele quis dizer. Jason nunca foi bom em palavras românticas, isso sempre era comigo mesmo. Mas eu sempre sabia o que ele queria dizer, apenas com seu olhar.
E hoje, o vendo caído sobre aquele chão gélido, já sem vida .. me faz sentir a pior pessoa do mundo. Eu deveria ter impedido, eu deveria ter entrado na frente ele. É minha culpa, ele morreu por minha culpa.
Eu estava chorando que nem uma louca, quando senti alguém agachar ao meu lado e me abraçar. Era Justin, não sei como ele soube, mas era ele:
JB: Hey, vem aqui
     Ele me ajudou a levantar e me abraçou. Tinha tempo que não me sentia tão segura assim:
JB: Vai ficar tudo bem Kath
K: Não Justin, não vai. Eu não tenho mais ninguém ... ele se foi. Minha culpa
JB: Não fale assim. A culpa não foi sua. Todos nós sabemos que ele errou e você não pode ficar se culpando. Olha Kath, ele ama você, está tudo bem. Ele vai pra um lugar melhor e vai cuidar de você lá.
K: Cadê seus pais?
JB: Eu avisei meu pai e disse pra ele contar pra minha mãe .. eu não iria conseguir.
K: Logo agora que tudo estava perfeito
JB: Mas nem tudo é perfeito
K: Como você soube?
JB: Alfredo, acho que é esse o nome dele. Me ligou avisando
K: Eu sinto muito Justin
JB: Não diga isso. Olha, vamos pra casa
K: Eu quero matar esses desgraçados
JB: Para Katherine. Viu o que aconteceu com Jason por querer fazer isso? Eu já conversei com os policiais e vai ficar tudo bem com você. Um deles disse que você quase atirou nele, e os xingaram. Mas eles consideraram isso porque você estava nervosa demais. Agora vamos porque minha mãe vai precisar muito da gente.
   Ele estava calmo. Mas pude ver que ele havia chorado. Ele estava assim por mim, ele estava agindo assim porque alguém precisava ser forte, e ele era esse alguém.
Chegamos na casa dos pais de Justin em alguns minutos.
Assim que adentrei a casa, Pattie veio ao meu encontro me abraçando e nós duas caímos no choro:
K: Desculpa, eu sinto muito.
Pattie: A culpa não foi sua querida, não foi ..
  Foram as únicas palavras que conseguimos pronunciar.


**


retirado de trechos de músicas.
Eu sinto sua falta, onde você está? Eu não consigo dormir, eu não consigo sonhar esta noite. Sinto saudades de ligar pra você e ouvir a sua voz. Você virá para casa e acabará com essa dor esta noite? Saudades de quando você me abraçava forte nos seus braços tatuados. Eu nunca quis que você me deixasse, eu queria que você ficasse aqui me abraçando. Eu sinto sua falta, falta do seu sorriso e eu ainda derramo lágrimas de vez em quando, e mesmo que agora seja diferente, você ainda está aqui de alguma forma porque meu coração não vai deixar você ir. Eu sei que você está em um lugar melhor mas eu queria poder ver seu rosto. 


Pensei que coisas assim melhorassem com o tempo. Mas eu ainda preciso de você, por que isso acontece? Eu sinto a sua falta todos os dias, sinto sua falta insanamente, mas se eu estivesse com você seria diferente? Por que isso acontece?


**

K: Pensei que seria mais fácil, mas parece que quanto mais se passam os dias, mais dói.
W: Olha Kath, estou me sentindo morto por dentro. O Jason era meu melhor amigo e isso está doendo em mim também. Mas veja por um lado, ele amava você.
K: Ele te falava isso? - sorri, o primeiro sorriso que dei depois do que acontecera -
W: Todos os dias. E é sério, não estou falando pra você ficar feliz, é que isso vai te fazer bem .. Olha Kath, você acredita que ele pediu pro irmão dele cuidar de você? Ele me falou que como ele é igual, não seria difícil.
K: Ele era um bobo - sorri novamente - o meu bobo
W: Não fica assim mais não tá? É sério. Ele não iria querer ver a pequena dele sofrendo assim, bola pra frente Kath porque você sabe que não tem como voltar pra trás.
         Ele deu um beijo em minha testa e saiu.
Fiquei deitada no sofá assistindo TV quando alguém bateu na porta. Coloquei minhas pantufas e fui abrir a porta. Vocês não acreditam quem era ali. Ashley! Eu não falei nada, apenas a abracei.
Ash: Eu sinto muito, mas eu estou aqui com você. E eu vou ficar aqui com você minha pequena
K: Desculpa pelo que fiz.
Ash: Shh .. é passado, esquece.
       Entramos e fomos pro meu quarto.
Ela se sentou e eu deitei sobre suas pernas.
Ash: Vocês se amavam né?
K: Acho que "amor" não descrevia o que sentíamos um pelo outro.
Ash: Lembrei do dia que ele nos chamou aqui. Mas as coisas não foram como esperado e ele ficou tão grilado por você sair daquele jeito que nos mandou embora, gritando.
K: Ele sempre foi assim. Por mais que não parecesse, ele sempre queria meu bem e se alguém me magoasse, ele viraria o cão. 
Ash: E é verdade aquela história de você ter sido dançarina?
K: Sim. Nos conhecemos na boate onde trabalhava kkkk
Ash: Você é louca
K: A dona de lá foi a única pessoa que me ajudou. Serei grata eternamente à ela.
Ash: Mas como vocês dois se conheceram?
K: Eu estava dançando e ele foi até onde eu estava e dormimos juntos. No dia seguinte ele também foi, e no outro dia também haha, mas ele caçou briga com o cara que eu estava e voltou só uma semana depois. Daí eu falei um monte pra ele e ele inventou uma história pra Jannet, que é a dona da boate e ela praticamente me obrigou a subir pra ele. Ele falou que eu não queria dançar pra ele e tudo mais. Então subimos e eu falei um monte, e ele também falou um monte .. então me beijou de repente, aquele beijo quente e selvagem. AH, que saudades dos beijos deles :/
Ash: Quer mudar de assunto?
K: Não, Tudo bem. Gosto de falar sobre isso haha!! Daí ele passou a ir lá diariamente e não deixou mais nenhum cara dormir comigo né. Então fugimos e ficamos juntos até o dia de sua morte. Foram 4 anos, ele até me deu um anel de noivado *-* foi o melhor dia da minha vida. E foi o dia que eu matei um idiota.
Ash: VOCÊ O QUE? 
K: Calma. Ele ia matar o Jason, então essa foi minha única salvação. E não me arrependo.
Ash: Louca
K: Você faria o mesmo.
   Ficamos conversando por horas, até dormimos.


**

Alguns dias se passaram, eu mantinha contato diariamente com a família do Jason.
Era ação de graças, Ash e eu fomos convidadas para um jantar na casa de Pattie.
Ash está morando comigo praticamente, desde que chegou não foi mais embora, e isso me fez tão bem. Estava mesmo precisando dela nesse momento tão complicado.
Nos arrumamos (ela / eu) e fomos.
Assim que chegamos lá, eu tive uma surpresa..

CONTINUA!
Senti que ficou bom. Enfim, amo vocês ♥

Facehttps://www.facebook.com/daniicaroline
Fchttps://twitter.com/iwantonlyyouJDB
Animespirithttp://animespirit.com.br/itsdanicarol
Tumblrhttp://itsdanicarol-meandmyworld.tumblr.com/


Não sei o que está acontecendo, hoje estou muito Belieber2010 kkkk *-* saudades demais daquela época. Só quem é dessa época sabe do que estou falando. Perdi as contar das vezes que assisti Shawty let's go [link] hoje *-*

Amores, entrem nesse link abaixo e acompanhem uma Fic que estou postando no AnimeSpirit, se chama Worldwide e quando postei no Blog ela deu muitas visualizações e comentários. Beijos !
AnimeSpirit 
5 Comentários 
  • Gente, essa nem está acabando mas a próxima IB se chamará "Fall" tendo Ariana Grande como personagem principal.
  • Deixem abaixo o Twitter de vocês para eu mandar os capítulos seguintes.

7 comentários:

  1. Ain que triste :(
    tbm tenho saudades dessa época de 2010, na minha opnião foi a melhor :) mais enfim... continua ta perfeitoo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. By:Ana Paula Oliveira

      Excluir
  2. Cara, eu me segurei pra não chorar, mas foi difícil, meus olhos ficaram cheios de lágrimas aqui kkkk poxa, eu nunca imaginei que o Jason fosse morrer, isso é triste :( nossa, esses dias eu tbm to muito 2010, lembrando de quando esse homem era só um garotinho de franja rsrs sinto falta! Mas ontem mesmo eu tava pensando, eles crescem tão rápido né? kk mas eu sei que aquele garotinho de capuz cinza ainda está lá dentro e sempre estará! Enfim, continuaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. PUTA MERDA, NÃO ACREDITO QUE VOCÊ FEZ ISSO, SUA VACA :'( CHOREI LITROS AQUI, ODEIO VOCÊ, BUNHAAAA, JASOOON :'( PORRA, MAS QUE DROGA, SEMPRE QUE EU AMO UM PERSONAGEM ELE MORRE!!!
    Mds... Justin, eu te odeio, sabe, some da minha vida, antes que você morra, SOME SEU IMBECIL LINDO E GOSTOSO DO CARALHO!
    #Chorando #Forevermente
    #Morrida #Magoada #Dilacerada

    AWN, EU AMO SLG <3 Mas não tem audio completo, não que eu saiba, eu procuro desde que descobri(faz tempo) e não acho :'(

    CONTINUAAA
    PS.: Acho que você me passou dor de garganta, kkkkk vaca, te odeio(sqn)

    ResponderExcluir
  4. continua ta demais,e pensar q ele so era um garotinho e agora esta um garotao,ele mostrou pra td mundo q ele podi,q ele consegui#orgulho#

    ResponderExcluir
  5. droga eu amava o jason, mas ta pfto continua logo

    ResponderExcluir
  6. Caramba, não queria que ele morresse, estava torcendo pra eles terem um final feliz, Jason e Katherine seria perfeito. Mas, continua, estou muito ansiosa.

    ResponderExcluir

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal