junho 24, 2013

One More Night - Parte 29

DEIXEM O TWITTER DE VOCÊS NOS COMENTÁRIOS, OU ENTÃO ME AVISEM NO MEU TWITTER (aqui) PARA EU PODER MANDAR OS CAPÍTULOS.

One More Night - Parte 29 ( O Fim )

 As long as you love me, i'll be your platinum, i'll be your silver, i'll be your gold ... "
*
   Saí puto da vida até ela e me sentei no canto da cama em que ela estava.
Segurei em sua mão, dei-lhe um beijo e comecei a conversar com ela:
_ Ei pequena, que susto você me passou. Acorda logo, eu preciso de você .. não vou te abandonar nunca, jamais. Fica comigo, acorda, saia dessa cama para sermos felizes juntos. Eu preciso de você como nunca precisei antes. Quero você pra mim novamente, quero ver esse seu sorriso maravilhoso e dizer o quanto te amo... quero ouvir todas aquelas palavras doces que você me disse semana passada, ouvir você me chamando de "amor", de "príncipe". Eu te amo Kath, eu preciso de você, eu quero você .. não me deixe, não agora.

          Abaixei minha cabeça chorando e a encostei nas nossas mãos que estavam unidas...
_  j-ju-justin ? - disse a garota mais linda, da voz mais linda do mundo, me fazendo levantar o rosto em questão de segundos - 
_ Kath? Você está bem meu amor? Como está se sentindo? Algo está doendo? Você consegue se mexer? Se lembra de tudo? Kath... - antes de terminar fui interrompido por sua risada, ainda baixa, mas era única coisa que eu queria ver naquele momento, após 2 semanas esperando - Que foi? Porque está rindo?
_ Sua cara foi a melhor
_ Você é mal - disse fazendo biquinho -
_ Que saudades estava desse biquinho .. de você - disse levantando um pouco a mão até meu rosto que estava perto do seu - eu te amo seu branquelo
_ Agora deu pra me maltratar?
_ Nem venha com drama haha bobo!! - fui descendo meu rosto até sua boca, mas ela me impediu - 
_ Que foi?
_ Eu devo estar com um bafo horrível, sai.
_ Não minha pequena, não está
_ Claro que estou .. depois nos beijamos seu danado haha
_ Eu vou chamar seus pais ..
     Sai rapidamente e lhes dei a notícia.
Não podia, mas nós todos estávamos lá dentro com ela. Ficamos praticamente a tarde toda até o pessoal do Hospital nos mandar embora.
         Passadas uma semana, ela recebeu alta e eu fiquei um tempo com ela.


*

K: Vou sentir saudades





JB: Vou acabar não conseguindo ir pra casa
K: Então não vá
JB: Mas eu preciso ir
K: Mas nenhum de nós queremos isso. Precisamos um do outro bebê
JB: Quer ir comigo?
K: Como assim? Seu louco
JB: É Kath .. vamos comigo. Vem morar comigo
K: Louco haha... vamos, eu te levo até na porta
JB: Eu só saio daqui se você for comigo
K: Justin, calma. Vai com calma ..
JB: Tudo bem. Mas eu ainda volto pra te buscar.
           Justin pegou as malas e voltou pra casa.
Essas semanas que ele passou ao lado de Kath, mostrou o quanto ele a amava e o quão grande era o carinho entre os dois. 
No tempo em que ele permanecera longe dela, fez pensar em várias coisas. Coisas as quais, era a vida ao lado dela, era tudo que eles já viveram juntos.
Justin lembrou também, da vez que ela toda distraída, atravessou a rua sem olhar para os lados e ele acabou atropelando-a. De quando cuidou dela com aqueles curativos, da vez que a viu chorar pedindo que "pelo amor de Deus", doasse o sangue pra Jason e das inúmeras vezes que à viu chorar pela morte do mesmo.
   Ele ficou horas e horas lembrando dos últimos acontecimentos. Da vez em que ela foi baleada que pode-se considerar um dos momentos mais difíceis na vida dele.

* 

xx: Hey garota, você está bem? Desculpa é que você surgiu de repente e o sinal estava aberto pra mim e..
K: Estou ... 
Espera, como assim ele está falando comigo como se não me conhecesse? 
xx: Venha, eu te ajudo a levantar  disse ele dando-me a mão  
  Segurei em suas mãos e me levantei, apoiando no carro que havia me atropelado:
xx: Você está toda machuca, entra. Eu te levo no Hospital
K: Não precisa, eu estou bem.
xx: Como se chama?  WHT? Mais...  
K: Katherine
xx: Prazer, me chamo Justin
K: Justin ??
JB: Sim, porque?
K: Nada ... não foi nada
JB: Eu ainda insisto, entre. Eu posso fazer curativos em você
     Eu preciso saber quem é ele.
Ele é a cara do Jason, tipo, a cara mesmo. Se não fossem as tatuagens que Jason tinha....
K: Ok, obrigada
JB: Pronto, daqui uns dias você estará nova em folha  disse ele sorrindo, e que sorriso. Idêntico ao de Jason.  
K: Nossa.
JB: Que foi? Está doendo?
K: Não não  sorri e o agradeci.  
      Ele saiu e logo voltou com dois copos com suco de laranja:
K: Obrigada  agradeci pegando um deles.  
JB: Então Katherine, o que fazia tão distraída?
K: Briguei novamente com meu namorado e estava meio "voada". Desculpa.
JB: A culpa não foi sua, esquece.
K: Você se parece muito com uma pessoa que conheço
JB: Capaz que você me viu por aí e se confundiu
K: Não. Tem pouco tempo que vi essa pessoa. A única coisa que vocês não se parecem, é que ele é cheio de tatuagens, por todo o corpo. Já você não!
JB: Espera, onde você viu esse garoto?
K: Ah, um dia desses andando por aí. Não cheguei a falar com ele
JB: E foi mais ou menos perto de onde?
K: Nossa, pra que tudo isso em?
JB: É que eu tenho um irmão gêmeo
     Aquilo caiu como uma bomba em mim.
K: IRMÃO GÊMEO?
JB: Sim, mais no Hospital, constatou que ele sumiu mas nunca conseguimos encontrá-lo
K: NOSSA!  meu Deus, ele só pode ser irmão dele. Alguém deve ter roubado Jason no Hospital, por isso.  
JB: Pensativa?
K: É que estava tentando lembrar onde vi esse garoto, mais foi em vão... Olha Justin, eu preciso ir pra casa. Muito obrigada por tudo e até mais.
JB: Eu te levo
K: Não, não precisa. Obrigada 

-  -  -  -  -  -  -  -

Dr.: Jason precisa de sangue
K: Justin
JB: Kath?  disse sem entender o porque de eu estar ali  
K: Eu preciso de você
menina: Quem é ela, Justin?
K: Desculpa tá? Você deve ser a namorada dele e eu agi como louca entrando assim, mas é que eu realmente preciso de você Justin, só você pode ajudar o meu namorado
JB: Como assim?
K: Vocês são irmãos
JB: WHT?
K: É sério .. porque se não fossem, não iriam se parecer tanto. Jason, que é meu namorado, foi adotado. E naquele dia que você me atropelou juntei todas as peças e sim, vocês são irmão  procurei algo em minha bolsa e continuei  Toma, esse é o Jason, preciso de você. Ele está morrendo e precisa de sangue em menos de 24 horas, caso contrário... e-ele   não consegui mais falar, apenas chorei descontroladamente  
JB: Ele morre?
K: É  já estava sem forças pra falar, ele me abraçou e continuou  
JB: Vai ficar tudo bem. Eu realmente queria saber detalhe por detalhe, mas não temos tempo. Eu vou te ajudar.
K: Obrigada Justin, obrigada
JB: Vem comigo Amber?  a garota assentiu que sim e fomos no carro em que estava pois não tinha condições de dirigir  
Demoramos um pouco mais do que da vez que fui.
Mas assim que chegamos conversamos com o médico e Justin saiu pra alguma sala.
JB: Eu preciso ir pra casa, meus pais chegaram de viagem. Me liga ... eu preciso saber sobre ele, essa história dele ser meu irmão, somos idênticos cara  ele sorriu  sempre quis conhecer ele. Valeu mesmo.
K: Justin  disse, fazendo-o olhar pra mim  
JB: Oi ?
K: Obrigada, obrigada por tudo.
JB: Você é incrível. Jason tem muita sorte de ter uma namorada como você.
K: Valeu
       Só então eu pude perceber quão lindos eram seu olhos cor de mel e seu sorriso branco... O Justin é perfeito, sua pele de bebê .. o jeito de falar. Aqueles olhos, sim, preciso falar deles novamente. Eles são os mais lindo que já vi.

-  -  -  -  -  -  -  -


K: Justin?

JB: Ah - disse olhando pra mim e passando suas mãos no rosto e se sentando na escada que havia na entrada de sua casa - você ouviu né?
K: Tudo
JB: Desculpa, ela não devia ter falado aquilo
K: Olha Justin - disse me sentando ao seu lado - você fez certo sabe. Família em primeiro lugar. Pena que só agora eu sei o valor disso .. enfim, não fica assim não, logo vocês se acertam
JB: Eu não quero mais nada com aquela garota
K: Que seja. Esquece isso e vá para o escritório, seu pai disse pra eu vir te chamar porque eles estão conversando com o Jason, por isso escutei sua briga com a Tisha. Foi mal
JB: Não tem problema, obrigada por avisar.
       Justin entrou e ali fiquei por um longo tempo.

-  -  -  -  -  -  -  -

5 tiros !
JB: Hey, vem aqui
     Ele me ajudou a levantar e me abraçou. Tinha tempo que não me sentia tão segura assim:
JB: Vai ficar tudo bem Kath
K: Não Justin, não vai. Eu não tenho mais ninguém ... ele se foi. Minha culpa
JB: Não fale assim. A culpa não foi sua. Todos nós sabemos que ele errou e você não pode ficar se culpando. Olha Kath, ele ama você, está tudo bem. Ele vai pra um lugar melhor e vai cuidar de você lá.
K: Cadê seus pais?
JB: Eu avisei meu pai e disse pra ele contar pra minha mãe .. eu não iria conseguir.
K: Logo agora que tudo estava perfeito
JB: Mas nem tudo é perfeito
K: Como você soube?
JB: Alfredo, acho que é esse o nome dele. Me ligou avisando
K: Eu sinto muito Justin
JB: Não diga isso. Olha, vamos pra casa
K: Eu quero matar esses desgraçados
JB: Para Katherine. Viu o que aconteceu com Jason por querer fazer isso? Eu já conversei com os policiais e vai ficar tudo bem com você. Um deles disse que você quase atirou nele, e os xingaram. Mas eles consideraram isso porque você estava nervosa demais. Agora vamos porque minha mãe vai precisar muito da gente.

-  -  -  -  -  -  -  -

"Os olhos dela são os mais lindos que já vi, sua pele parece um veludo de tão macia, e seu sorriso? Ah, seu sorriso é incrível. É tão sincero. Fomos nos aproximando na mesma hora, já podia sentir sua respiração. Coloquei uma mecha de seu cabelo atrás de sua orelha e puxei levemente seu queijo e a beijei. Fechamos os olhos por um momento e pude sentir a maciez dos seus lábios contra os meus. Espero que Jason me perdoe por isso, mas é que eu não posso mais me controlar .. ela mexe comigo."

-  -  -  -  -  -  -  -

Cada um foi prum canto e aproveitamos a noite.
Já era madrugada quando vi Justin conversando com uma garota, uma que só de olhar você sabe que é vadia. Me subiu um nervo e Ash percebeu:
Ash: Eu avisei haha
     Ela rindo me fez ficar com mais raiva ainda, não sei o porque daquilo mas eu também estava bêbada, bebi como não bebia há anos.. caminhei até Justin, o puxei e dei-lhe um beijo muito vulgar, muito safado, muito selvagem .. Porém, muito gostoso.
     Ela ao menos deixou eu responder, já saiu logo me puxando e fomos parar em algum quarto em questão de segundos. Ela trancou a porta e emburrou na cama ficando por cima de mim, beijando.
Só que o que eu menos esperava aconteceu. ela dormiu.

-  -  -  -  -  -  -  -

K: E aí Bieber
JB: Como foi a viagem? - disse guardando seu violão -
K: Foi ótima. Ei, não guarde. Quero ouvir você tocar e cantar *-*
JB: Não sou ruim nisso?
K: Não. Você é ótimo .. vai, toca aí.
JB: Tudo bem, se você quer.
A voz dele sem dúvida é a mais linda que já ouvi. Ele deveria ser cantor, iria ser o melhor de todos. Eu fechei meus olhos e o ouvi até o fim.

-  -  -  -  -  -  -  -

K: Quer entrar?
JB: Mas amanhã você acorda cedo
K: Não tem problema
       Ele sorriu novamente e colocou o carro na garagem.
Entramos.
                JB: Porque você parou de ir lá em casa?
                K: Eu estava indo todo os dias
                JB: Nunca mais te vi
                K: Estava evitando te ver
                JB: Mas porque?
                K: Eu estava muito confusa. Tudo estava como um quebra - cabeça misturado em minha cabeça. Por isso estava te evitando, indo na sua casa no horário do seu trabalho. Mas chegou um ponto no qual não deu mais pra evitar. Eu posso estar fazendo a coisa mais errada do mundo, mas tenho certeza de uma coisa, eu não irei me arrepender disso mais tarde.
   Assim que terminei de falar isso, sentei em seu colo passando minhas pernas de uma forma que meu corpo se encaixasse no dele e o beijei. Tivemos nossa primeira noite de amor.
JB: Que foi? - disse desfazendo nosso beijo - aconteceu alguma coisa? Mordi sua boca? - disse sorrindo -
K: - sorri de volta - só estou com medo
JB: Medo de que Kath?
K: De perder você, de não ser boa o suficiente pra você
JB: Você não vai me perder e sim, você não é boa o suficiente pra mim, você é ótima - falou selando nossos lábios -

-  -  -  -  -  -  -  -

K: NOSSA! Só dormimos juntos e já está mandando em mim haha que evolução, meu Deus.
JB: Larga de ser chata e vem aqui me dar um beijo
K: Só um? - falei ficando por cima dele e sorrindo -
JB: Todos que puder me dar - disse sorrindo de volta - 
K: Então acho que não vou embora mais
JB: Seria a melhor coisa que iria acontecer
K: Hmm.. então quer que eu fique?      
Sentir seus lábios era tudo o que eu mais queria.

-  -  -  -  -  -  -  -

K: Já falei que seu sorriso é o mais lindo de todos?
JB: Já, é que você é o motivo dele
K: Eu te amo 
      Nos despedimos com um beijo e eu sai. Quando abri a porta do carro, o ouvi me chamar. Olhei para trás e ele veio até mim:
JB: Kath, você aceita namorar comigo?
    Já ouviram falar naquele ditado de que "um beijo fala mais que mil palavras" ? Pois é. Apenas sorri e respondi sua pergunta com um beijo apaixonado:
KEu te amo - disse entrando no carro e jogando um beijo -


* 

Justin.

Sem dúvidas ele foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida.
Estou sentindo tantas saudades dele. Do sorriso dele, da voz dele, do toque dele ... sim, estou assistindo um filme de romance, comendo chocolate, pensando nele e com lágrimas nos olhos. 
Desde que o conheci, não parei mais de ficar assim quando fico com saudades. 
O filme já estava quase no fim quando alguém entrou pela porta da sala tirando minha atenção, e a atenção dos meus pais que estava assistindo comigo o filme, dizendo:
xx: Eu acho que alguém anda muito chorosa.
    Era ele, sim. Aquela voz, a mais linda de todas:
K: Justin? - disse me virando rapidamente - Oh God! Que saudades - disse indo até ele para poder sentir o calor de seu corpo ao meus - meu amor - beijo - 
JB: Oi minha garota deprimente haha. Estava com saudades
K: Eu também, muitas saudades.
JB: Eu não vou deixá-la sozinha nunca mais.
K: Vai morar aqui é gatinho?
JB: Não, é que eu viajei por quase 4 horas nessa estrada horrível por conta da neve, estou morrendo de frio. Mas passaria por coisas piores para poder ver a garota que eu tanto amo, a garota que eu vim atrás para fazer isso - ele se ajoelhou e continuou - Quer ser minha garota pra toda a vida? Dividir seus problemas comigo, suas alegrias e acordar ao meu lado dizendo que me ama todas as manhas? Você quer ser minha esposa Katherine Beadles? - terminou retirando uma aliança do seu bolso, e eu estava chorando horrores - 
K: Justin - o abracei chorando, chorando muito - eu pensava que só acontecia em filmes ... isso é perfeito. Claro, claro que eu aceito ser sua esposa, claro que eu aceito dividir meus problemas com você. Claro que eu aceito acordar todas as manhãs ao seu lado, tendo a melhor visão do mundo .. eu aceito meu branquelo - beijo - eu aceito. 
               Então ele colocou aquelas alianças perfeitas nos nossos dedos.
Sou a garota mais feliz desse mundo.
Eu tenho o melhor namorado/noivo e esposo do mundo. O cara que vai ser meu companheiro pelo resto da vida, o pai dos meus filhos.


* 
Nesse exato momento, estou arrumando para o meu casamento.
Chorei diversas vezes, por isso tive que refazer a maquiagem. Ash e eu estamos a caminho da Igreja, a mesma que meus pais casaram. Ela entrou e eu fiquei aguardando o momento certo, mas com a certeza de que esse seria o passo mais importante da minha vida.


* 

Kath estava linda, aquele vestido à deixou mais bela que já é.  Ela entrou com seu pai, dei-lhe um beijo na testa e o Padre começou a cerimônia:

Padre: Noivos caríssimos, viestes à casa da Igreja para que o vosso propósito de contrair Matrimônio seja firmado com o sagrado selo de Deus, perante o ministro da Igreja e na presença da comunidade cristã. Cristo vai abençoar o vosso amor conjugal. Ele, que já vos consagrou pelo santo Batismo, vai agora dotar-vos e fortalecer-vos com a graça especial de um novo Sacramento para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade e as demais obrigações do Matrimônio  Diante da Igreja, vou, pois, interrogar-vos sobre as vossas disposições.
Padre.: Justin Drew Bieber e Katherine Beadles, viestes aqui para celebrar o vosso Matrimonio  É de vossa livre vontade e de todo o coração que pretendeis fazê-lo?
JB+K: É, sim.
Padre.: Vós que seguis o caminho do Matrimônio  estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?
JB+K: Estou, sim.
Padre.: Estais dispostos a receber amorosamente os filhos como dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da sua Igreja?
JB+K: Estou, sim.
Padre.: Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimônio  uni as mãos direitas e manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da sua Igreja.
JB: Eu Justin Bieber, recebo-te por minha esposa a ti Katherine Beadles, e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.
K: Eu Katherine Beadles, recebo-te por meu esposo a ti Justin Bieber, e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.
Padre.:Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção. Não separe o homem o que Deus uniu. Bendigamos ao Senhor.

- Graças a Deus.

* 


Sem dúvidas, foi o dia mais importante de nossas vidas.

Nosso casamento estava a mil maravilhas, estávamos morando da divisa da Cidade dos pais dela com a Cidade onde morava com meus pais. Descobrimos que estávamos "grávidos" e os últimos 7 meses antes dos nossos casal de gêmeos nascer, foram sem dúvida os mais especiais.
Agradeço muito a Deus por ter colocado Kath no meu caminho, e sinto que ela sente o mesmo.
Nossas vidas mudara muito desde quando tudo começou, com um beijo roubado. E hoje somos as pessoas mais felizes do mundo. Estamos vivendo o melhor momento que um casal pode viver.
Eu agradeço também pela minha linda família, pela minha Kath, o Jaxon e a Jazmyn (eram os filhos deles haha). E agradeço pelas pessoas maravilhosas que estão nas nossas vidas, as quais serei grato eternamente por tê-las.

Ah, e agradeço as leitoras.
- Bieber, xoxo.



The End ...


Gente, gostaria muito de agradecer todos que leram. Essa foi a IB que eu mais gostei de escrever, o final dela foi como eu quis que fosse. Sem dúvida, a mais importante dentre as várias que escrevi, eu amei ela desde a sinopse, até nesse que foi o último capítulo. E espero, do fundo do coração, que também tenham gostado. Amo muito vocês minhas princesas ... amanhã tem a Sinopse de "Fall", beijos.


Assinatura ~itsdanicarol

7 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAA amei, amei, amei *-* pena que acabou :/ mas foi tudo perfeito!!! Ansiosa para Fall ^^

    ResponderExcluir
  2. MEU D'US, foi perfeito!!! E toda essa volta na estória, AWWWNNN, chorei litros :') POR QUE ACABOOOOUUU???? :'(
    #AnsiosaPorFall
    posta logo, heeein <3
    Te amoo

    ResponderExcluir
  3. Jesus me abana,ah amore dediquei um selinho pra você >> http://imaginando--belieber.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aaaaa perfeita :)
    by: Ana Paula Oliveira

    ResponderExcluir
  5. Pft amei o final tah

    ResponderExcluir
  6. Pft amei o final tah

    ResponderExcluir
  7. Pft amei o final tah

    ResponderExcluir

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal