junho 18, 2013

One More Night - Parte 25


I'm the one who'll stay, when she walks away and you know i'll be standing here still. "

*
Então fomos pra festa.
Cada um foi prum canto e aproveitamos a noite.
Já era madrugada quando vi Justin conversando com uma garota, uma que só de olhar você sabe que é vadia. Me subiu um nervo e Ash percebeu:
Ash: Eu avisei haha
     Ela rindo me fez ficar com mais raiva ainda, não sei o porque daquilo mas eu também estava bêbada, bebi como não bebia há anos.. caminhei até Justin, o puxei e dei-lhe um beijo muito vulgar, muito safado, muito selvagem .. Porém, muito gostoso.


Justin Bieber   p.o.v

Uma garota veio conversar comigo e de repente só senti Kath me puxar e me beijar. Era ela mesmo? Que beijo bom, deve ter durado uns 7 minutos ...
JB: Kath...
K: Shhh, vem comigo
     Ela ao menos deixou eu responder, já saiu logo me puxando e fomos parar em algum quarto em questão de segundos. Ela trancou a porta e emburrou na cama ficando por cima de mim, beijando.
Só que o que eu menos esperava aconteceu.
          Ela estava beijando meu pescoço quando para de repente:
JB: Kath ? Que foi?
   Sacudi e sacudi, então vi que ela tinha apagado. Que engraçado haha ela com aquele fogo todo e dormir de repente. Coloquei ela direito na cama e a cobri. 

           JB: Ash ..?
           A: Oi gato, quer camisinha?
           JB: Não - sorri envergonhado - 
           A: Prevenido você em? Já anda com elas aí, safadinho.
           JB: A Kath dormiu
           A: A KATH O QUE?
           JB: Dormiu haha do nada. 
           A: Mas a Kath nunca dorme .. quem acaba dormindo são os caras. Meu Deus, o mundo tá perdido
           JB: Boba haha! Então, só vim aqui pra perguntar se deixo ela aqui ou levo ela pra casa.
           A: Fica lá com ela e amanhã vocês vão.
           JB: Tudo bem.
Desci para avisar Ash mas voltei logo em seguida colocando sua cabeça sobre meu corpo enquanto acariciava a mesma.
Acabei dormindo também.

no  dia  seguinte  ...

K: justin?
  Acordei sendo chamado e cutucado:
JB: oi - disse ainda com os olhos fechados - 
K: minha cabeça dói
JB: Quer ir pra casa?
K: Onde estamos?
JB: - me sentei passando as mãos no rosto e respondi - Na casa da Ash
K: O que aconteceu?
JB: Nada, só caímos no sono
K: Certeza?
JB: Sim.. mas certeza ainda é que se você não tivesse bebido tanto algo iria ter acontecido.
K: Então o que estamos fazendo aqui no quarto dela? Só nós dois?
JB: Você bebeu demais, chegou em mim de repente e me beijou. Saiu me puxando pra cá e na hora do vamos ver você dormiu ...
K: Que horror, eu nunca dormi - disse com uma risada alta -
JB: Ash me disse isso .. falou que você nunca dorme, que quem acaba dormindo é o cara haha
K: Mas é verdade. Que horror .. depois que Jason morreu perdi o rumo da vida haha
JB: Você nunca mais?
K: Não haha por isso estava nesse fogo todo!! Desculpa Justin.
JB: Tem que se desculpar mesmo .. garota, você me deixou duro
K: AAH :O Justin, é você mesmo??
JB: Claro Kath .. mas olha, ninguém é de ferro não. Se for pra dormir é melhor nem atiçar, não sei como aguentei isso.
K: MEU DEUS! AAAAAAAAAAAH Justin, seu tarado.
JB: Tarado? Uma garota gostosa que nem você fica se esfregando no meu pinto e mordendo meu pescoço .. quer o que? Sou homem, fico duro.
K: NOSSA!!! Fiquei até constrangida haha muito direto tudo isso.
JB: É sério Kath, não faz mais isso comigo ..
K: Ok Justin, vou ficar uma santa agora. Não vou mais comer ninguém tá?
JB: Boba
  Ficamos conversando por quase 2 horas, até decidirmos ir pra casa dos pais dela.
Nos arrumamos e fomos assistir TV enquanto o tempo passava pra irmos embora.


*
C: Volta logo maninha
K: Papai e mamãe não falou? Talvez vou voltar pra cá *-*
C: Sério? Eu te amo sua louca - abraço - 
K: Também te amo pequeno - beijo - tchau seus velhos haha
M: Volta logo filha
K: Pode deixar (:
P: Ligue quando chegar
K: Ligo sim papai, tchau - abraço -
   Nos despedimos e pegamos a estrada de volta pra casa. Ela dormiu praticamente a viagem inteira, e quando acordou colocou Soulja Boy e ficou cantando:
JB: Não parece que gosta de rap
K: Tá louco? Eu amo rap, é muito vida. Ainda mais o Soulja, esse gostoso ..
JB: Você gosta de caras tatuados né?
K: Não é isso, é que ele é moreno e morenos são bem gostosos. Mas os que não tem tatuagens eu curto, e como viu - disse me encarando com um sorriso sapeca - 
JB: Ê Kath .. não atiça 
K: Ah Juss, qual é .. você mesmo disse pra mim seguir a vida haha
JB: Mas estamos na estrada, e ontem você já me atiçou demais, pra no fim não dar em nada.
K: Temos muito tempo ainda pela frente gatinho - ela piscou pra mim e voltou a cantar - Tem Drake?
JB: Claro, você acha que não teria? É um dos melhores
K: Coloca aí então
     Demorou mais umas meia hora até chegarmos. Deixei-a em sua casa e fui pra minha para pode descansar.


*

Katherine   p.o.v

Justin estava em seu quarto tocando violão e cantando. Não quis atrapalhar, então fiquei o observando na porta até que ele olhou para trás e me viu:
JB: Pode entrar
   Sorri e caminhei até sua cama, sentando na mesma.
K: E aí Bieber
JB: Como foi a viagem? - disse guardando seu violão -
K: Foi ótima. Ei, não guarde. Quero ouvir vocês tocar e cantar *-*
JB: Não sou ruim nisso?
K: Não. Você é ótimo .. vai, toca aí.
JB: Tudo bem, se você quer.


se eu morri imaginando a cena? imagina.

A voz dele sem dúvida é a mais linda que já ouvi. Ele deveria ser cantor, iria ser o melhor de todos. Eu fechei meus olhos e o ouvi até o fim:
JB: Dormiu?
K: Não seu bobo. É que eu sempre fecho os olhos quando uma boa música e um bom cantor me agrada.
JB: Que bom que gostou
K: Gostar? Eu amei, estou vivendo sua voz.
JB: Para - disse envergonhado - 
          Ele fez que nem o Jason fez uma vez. Das poucas que o vi envergonhado. Fiquei em choque:
JB: Que foi?
K: Porque Deus faz duas pessoas idênticas?
JB: Porque diz isso?
K: Isso já está me deixando tão confusa
JB: Que foi Kath?
K: Você, o Jason ... eu.
JB: É sobre o beijo? Desculpa Kath, é que você é tão linda
K: - sorri pelo nariz e o encarei - Não precisa se desculpar, você não tem culpa Justin. Foi bom - sorri envergonhada -
JB: Então porque saiu daquele jeito?
K: Olha Justin, você é irmão do Jason .. é estranho e ao mesmo tempo é tudo muito novo pra mim
JB: Mas você tem que seguir sua vida
K: Eu o amo Justin
JB: Eu sei que ama, mas não pode fazer nada pra ele voltar.
K: E muito menos ficar com o irmão dele.


Conversamos por várias horas, contei como foi a viagem até no dia que ele chegou lá e depois fui pra casa.


*
Meses haviam se passado, estava tudo pronto e eu só esperava pelos meus pais que chegariam na madrugada de amanhã. 
Já havia me despedido dos garotos e estava a caminho da casa de Pattie, eles iam fazer um jantar de despedida pra mim:
K: Boa noite pessoal
J+JB+P: Boa noite Kath
   O clima entre Justin e eu estava começando a ficar constrangedor.
Temos ficado algumas vezes, nada demais, só que ainda me sinto culpada por isso.
P: No que tanto pensa?
K: É... ah, sei lá! Será que estou realmente pronta pra isso?
J: Claro que sim Kath, e outra. Qualquer coisa, nossa casa sempre estará com a porta aberta pra você
K: Vocês são as melhores  coisas que aconteceu na minha vida, obrigada por tudo que fizeram e que tem feito.
P: Não precisa agradecer Kath, somos uma família
     Jantamos e jogamos conversa fora.
K: Agora preciso ir, meus pais vão vir essa madruga e preciso descansar
P: Não quer dormir aqui?
K: Não, obrigada. É que não dá mesmo .. deixa pra próxima (:
JB: Eu te levo então
K: Não precisa Justin
JB: Imagina Kath .. só vou pegar as chaves
     Pattie olhou para Justin e em seguida pra mim com um sorriso sapeca e eu balancei a cabeça negativamente sorrindo. Ela sorriu de volta e falou sem voz "vai", sorri novamente e a abracei:
K: Obrigada por tudo
P: Aproveita essa noite
K: Pode deixar
   Depositei um beijo em sua bochecha, me despedi de Jeremy com um abraço e entrei no carro com Justin.
Durante o caminho, um silêncio permaneceu, estava ficando com raiva já. Então chegamos:
JB: Pronto, chegamos.
K: Obrigada
     Ele sorriu de uma forma tão sexy e perfeita que a minha vontade naquele momento era de dar-lhe um beijo:
K: Quer entrar?
JB: Mas amanhã você acorda cedo
K: Não tem problema
       Ele sorriu novamente e colocou o carro na garagem.
Entramos.
                JB: Porque você parou de ir lá em casa?
                K: Eu estava indo todo os dias
                JB: Nunca mais te vi
                K: Estava evitando te ver
                JB: Mas porque?
                K: Eu estava muito confusa. Tudo estava como um quebra - cabeça misturado em minha cabeça. Por isso estava te evitando, indo na sua casa no horário do seu trabalho. Mas chegou um ponto no qual não deu mais pra evitar. Eu posso estar fazendo a coisa mais errada do mundo, mas tenho certeza de uma coisa, eu não irei me arrepender disso mais tarde.
   Assim que terminei de falar isso, sentei em seu colo passando minhas pernas de uma forma que meu corpo se encaixasse no dele e o beijei.



Justin subiu comigo no colo até meu quarto, sem parar o beijo e 
derrubando e quebrando algumas coisas pelo caminho, mas quem se importava? Naquele momento só o que queríamos era um ao outro. Fechou a porta com os pés e me deitou na cama, me beijando docemente. Só então pude perceber que nossas roupas estavam espalhadas pelo chão. Ele beijava meus lábios e meu pescoço. Suas mãos passeavam pelo meu corpo e eu sentia o mesmo arrepiar a cada toque. Segurei um dos lençóis enquanto ele acariciava meus cabelos, me mostrando onde ele me queria. Sem interromper a sincronia de nossos lábios, ficando sobre o meu corpo.  
Suas mãos passeavam por dentro de minha blusa me fazendo arrepiar a cada toque, separei nossos lábios dando um sorriso safado e ele retribuiu com o mesmo sorriso. Beijei seu tanquinho tendo a visão de seu membro mais que pronto para agir, tratei de tirar logo sua calça junto com sua box roxa. Novamente ele trocou as posições, ficando por cima de mim e com toda a calma e carinho, tivemos nossa primeira noite de amor.

*

No dia seguinte acordei abraçada ao corpo de Justin.
Segundos depois, ele acordou e logo nossos lábios se encontraram novamente, nossas línguas dançavam numa perfeita sincronia, mas eu sentia medo de não ser boa o suficiente para ele.
JB: Que foi? - disse desfazendo nosso beijo - aconteceu alguma coisa? Mordi sua boca? - disse sorrindo -
K: - sorri de volta - só estou com medo
JB: Medo de que Kath?
K: De perder você, de não ser boa o suficiente pra você
JB: Você não vai me perder e sim, você não é boa o suficiente pra mim, você é ótima - falou selando nossos lábios -
Sabe, essas palavras que saíram de sua boca, me fizeram tão bem, que o medo se tornou desejo, desejo dele dentro de mim, desejo dos seus lábios carnudos em formato de coração. Não pude deixar de sorrir com o que acabara de ouvir, Justin de algum modo me fazia bem, e eu o quero pra sempre ao meu lado. 

*
Ain, eu gostei desse capítulo gente *-* espero que também tenham gostado. Boa noite, beijos.
CONTINUA!
Facehttps://www.facebook.com/daniicaroline
Fchttps://twitter.com/iwantonlyyouJDB
Animespirithttp://animespirit.com.br/itsdanicarol
Tumblrhttp://itsdanicarol-meandmyworld.tumblr.com/

Amores, entrem nesse link abaixo e acompanhem uma Fic que estou postando no AnimeSpirit, se chama Worldwide e quando postei no Blog ela deu muitas visualizações e comentários. Beijos !
AnimeSpirit 

DIVULGANDO: muleka-beli3ber

5 Comentários 
  • Gente, essa nem está acabando mas a próxima IB se chamará "Fall" tendo Ariana Grande como personagem principal.
  • Deixem abaixo o Twitter de vocês para eu mandar os capítulos seguintes.

4 comentários:

  1. NOJENTAAA, SÓ MORRI LENDO, QUER MESMO QUE EU MORRA, EU HEIN, HADES QUE ME ACUDA, SOCORRO, QUE PERFEITO <3 <3 <3
    CONTINUA, COISA CHATA <3

    ResponderExcluir
  2. AMEIII CONTINUA

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAA cara, que capítulo perfeito *-* Esses dois são tão lindos juntos!!! Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal