julho 06, 2013

Fall - Capítulo 5

  

Capítulo 5 - Precisamos Conversar

" Eu estou bem do seu lado, nunca te deixarei e sinto a dor que você sente quando começa a chorar. "

Envio concluído.
_  PUTA MERDA JAN. VOCÊ CANTA MUITO CARA! Preciso gravar uma música com você haha agora.
_  Está louco? Nem vem.
_  É sério, vou conversar como Scooter.
_  Vamos dormir, você está é com sono.
_  Não Jan, eu não estou com sono.
_  Não? Então pode vir me fazer cafuné porque eu estou.


[...]
Justin p.o.v

        Jan fica tão perfeita dormindo.
Ela parece uma boneca, mas quando está acordada não fica quieta. Complicado.
   Acabei dormindo todo desengonçado sobre ela.

           O dia amanheceu.

_  Bom dia seu dorminhoco!
_  Eu já estava acordado
_  Então estava admirando minha beleza enquanto dormia é?
_  Sim haha sua boba.
_  Justin?
_  Oi pequena
_  O que sua mãe disse que você deveria me falar?
_  Depois eu falo
_  Você disse que ia contar ontem à noite, no jantar.
_  Não tem importância Jan.
_  Pelo jeito que ela falou, não me pareceu. Fala aí, vai.
_  Depois..
_  Só vai adiando.. é um assunto chato de entender né?
_  Muito
_  Então me conta, vai te fazer bem. Somos melhores amigos, estou aqui pra te ouvir.
_  Não sei se devo
_  Deve Juss, pode contar.
_  Você nunca iria me perdoar.
_  Fala logo garoto, credo... Estou até com medo do que possa ser.
_  Eu fiz besteira Jan, eu não consigo parar.
_  Desembucha logo.
_  Eu ..
_  Você ?
_  Eu não posso - disse se sentando e colocando as mãos sobre o rosto - 
_  Justin, o que é?
_  Eu não consigo
_  Você está chorando? Oh meu Deus, o que você fez?
_  EU NÃO QUERO FALAR!
_  PARA DE GRITAR. VOCÊ DISSE QUE IA FALAR, TIA PATTIE DISSE QUE IA FALAR... O que está acontecendo?
_  Você bateu na garota atoa.
_  Como assim?
_  Para de insistir.
_  Mas você está mal, precisa tirar isso de dentro de você.
_  EU ESTOU USANDO DROGAS.

Jan p.o.v

             Meu mundo caiu, meu coração foi partido em milhões de pedaços.
Estava sem reação, eu não conseguia me mover, piscar ou sequer dizer algo. Eu estou decepcionada com Justin.

_  Fala alguma coisa Jan... 

            Depois de minutos ele conseguiu dizer outra palavra, seus olhos merejavam lágrimas que nem os meus. Balancei a cabeça negativamente diversas vezes encontrando uma maneira de expulsar aquilo de mim, queria que tudo fosse um pesadelo, mas não era e estava longe de ser.
             Eu não conseguia falar, por mais que tentasse as palavras não conseguiam sair e eu estava me matando por dentro. Aquilo tudo no colégio, aquelas pessoas zombando, rindo, comentando sobre isso ... era tudo verdade.

_  PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? POR QUÊ ?
_  Jan, eu..
_  Eu .. estou .. completamente .. decepcionada .. com, você.


            Foi tudo o que consegui pronunciar antes de dar as costas e sair do quarto dele à caminho da sala.

_  Filha, chame o Justin. O almoço está pronto.

              Eu ignorei e abri a porta para ir pra casa.

_  Jan, estou falando com você.
_  Eu quero ir pra casa.
_  Mas filha..
_  Me leva mãe, por favor.
_  O que aconteceu? - perguntou tia Pattie -

                       Eu abri a boca para lhe dizer, quando fui surpreendida com a fala de Justin que ainda estava no início da escada com os olhos marejados e vermelhos.

_  Eu falei pra ela mãe.
_  Oh meu Deus! Jan..
_  Eu vou pra casa.
_  Jan, fique. Por favor...
_  Desculpa...

               Caminhei até ele chorando e disse:
_  Eu sempre vou estar com você Justin.


_  Eu não queria ter feito isso.
_  Eu sei que não - disse o abraçando -

                 Ninguém tem noção de como eu estou me sentindo, por ele ter cometido tal ato, por eu ter dado-lhe as costas por alguns minutos e com medo de tudo acontecer novamente.

[...]

_  Porque você fez isso em? - dizia enquanto acariciava sua cabeça que estava sobre meu colo.
_  Eu estava me sentindo só, estava com medo, confuso e me ofereceram.
_  Mas você sabe que é errado
_  Sim, mas é tentador isso Jan e não consegui evitar.
_  E naquelas fotos, era você?
_  Sim... desculpa por ter causado sua expulsão. 
_  Eu te defenderia até se eu já soubesse disso.. sempre vai ser assim.

           Abracei ele como se tivessem mil anos distantes.
Falei coisas para o deixar bem, ele pediu desculpas por ter se afastado e disse que eu era a pessoa mais importante pra ele.

Eu o amo, a cada dia mais, e vê-lo assim me faz querer chorar... mas preciso ser forte, para ele também ser.

-  continua  -

Oi minhas princesas, tem uma nova escritora aqui.. ela está postando "Gangster love" leiam e comentem tá? beijos. Fiquei a tarde fora por isso fiquei até tarde pra poder postar *-* ficou pequeno, mas eu precisava postar. Amo vocês ♥


Para quem não leu "One more Nigth" ou se leu e quer ler de novo, clique aqui que estou postando no anime *-*
7 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal