julho 10, 2013

Fall - Capítulo 9


  


Capítulo 9 - The Kiss

Você não precisa ter medo algum, oh meu amor, mas você não pode voar, a menos que você se deixe cair... "
[ ... ]   

         A casa que Justin tinha em Hamptons era perfeita.
Chegamos após horas e horas de voo. Os meninos chegaram mais tarde.

_  Oi Jan - disse o gato do Ryan.
_  Oi Butsy. Chaaaaaaaaaz meu amor - disse pulando em seu colo. - Que saudades caralho, você nunca vai me ver, só se preocupa quando o Justin está.
_  Desculpa pequena.
_  Como é que é? Você não estava cuidando dela pra mim/?
_  Eu estava Bieber. - falou Butsy me abraçando selvagemente. -
_  Larga ela seu tarado. - disse Bieber me puxando para ele.
_  Parem de me amar caramba. Você é safado demais Ryan, não dá haha e Justin, assume logo que me ama enquanto ainda é tempo...
_  UH. Sentiu a indireta Bieber? - falou Ry.
_  Vem cá Jan. 

              Justin me puxou e ficamos cara a cara.
Eu pude sentir sua respiração. Meu Deus, eu vou morrer.

_  Acho que vou ali dar uma volta com o Ry para deixá-los a sós.
_  É mesmo Chaz, vamos lá..

                 Os meninos saíram.
Minhas mãos estavam geladas.
Meus pés estavam soando.
Mal conseguia respirar.
Meus olhos deviam estar estufados.

_  Ei, calma - disse Justin rindo alto.
_  Justin...
_  Diga.
_  Vamos pra praia? - engoli seco.
_  Vamos. - ele me soltou -

               Cara, que apuro.
Aqueles lábios rosados e carnudos perto dos meus me fez arrepiar o corpo todo. O perfume dele invadindo minhas narinas, o toque de suas mãos em meu corpo... para Jan, se controle.

            Subi e coloquei meu biquíni e fiquei esperando Justin na sala. Minutos depois ele chegou e fomos nos encontrar com os meninos.

_  Pensei que não chegariam tão cedo.
_  Idiotas haha nada haver.
_  Nada de beijo?
_  Não, ela não quis.
_  Jan, já fez as contas de quantas queriam estar no seu lugar?
_  Vamos dar um mergulho.
_  Não muda de assunto.
_  Somos melhores amigos.
_  Ele já mostrou a nova música dele pra você?
_  Não, como se chama?
_  Fall.
_  Eu quero escutar Justin.
_  Depois.
_  Agora. Canta aí, vai..
_  Depois, eu prometo. Agora vamos nos divertir.

[ ... ]   

              Passamos a tarde inteira nos divertimos.
Mergulhamos.
Jogamos.
Brincamos.
Corremos.

_  Jan?
_  Fala Chaz
_  Justin ama você
_  Eu sei, todos me amam haha
_  Ama diferente
_  Você bebeu muito esse treco aí
_  Nem tem muito álcool.
_  Mas tem um pouco, e você bebeu muito. Vamos entrar.

           Entramos e ficamos na sala de estar.
Justin e Ryan chegaram com umas caixinhas e as abriram.

_  Cerveja Justin? Você bebe? Justin..
_  Qual é Jan, não seja careta.
_  Justin, mas...
_  Eu cresci.

Revirei os olhos e aumentei o volume da tv.
Justin mudou muito.
Ele odiava bebidas com álcool.
Nada a ver ele beber.

_  Jan, pega uma. Não vou contar pra sua mãe.
_  Larga de ser idiota Justin.
_  É sério pequena, toma, bebe com a gente. É bom.
_  EU NUNCA MAIS VOU BEBER NA MINHA VIDA! Se esqueceu do que aconteceu comigo?

               Tudo o que acontecera entre Kurt e eu veio em mente.
Meu chão caiu.

[ ... ]   

_  Jan..
_  Que é?
_  Desculpa.
_  Tudo bem.
_  É sério.
_  Para de beber Justin.
_  Mas é bom.
_  Você odiava.
_  Até eu experimentar.
_  Com as drogas foi a mesma coisa?
_  Esquece isso Jan
_  ENTÃO PARA.

                   Estávamos com raiva, muita raiva. Ainda bem que Ryan apareceu bem na hora.

_  Parem de se amar e vamos ali?
_  Ali onde?
_  Para de perguntar e vamos logo.

             Assim fizemos.

[ ... ]   

_  Estão loucos? É alto aqui.
_  Eu vou te segurar se você cair. - disse Justin.

                Eu sorri que nem uma retardada, sério.

_  Essa é uma das frases da música dele Jan...
_  Sério? Preciso escutá-la Justin.
_  No momento certo, pode ter certeza.
_  Credo. Tudo bem então..
_  E aí Jan, vamos subir?
_  Só vou porque o Justin vai me segurar se eu cair - sorri -
_  Sei não viu, mas aí tem treta.
_  Para de viajar Chaz.
_  Concordo com ele. Se eu não tivesse chegado aquela hora, vocês iriam acabar se beijando.
_  Nada a ver. - disse Justin e eu juntos.

               Subimos em algo que parecia uma rocha bem alta. Estava escuro, não conseguia ver nada direito. Fomos e os meninos pularam de lá. Caíram dentro do mar.

_  Vem Jan. - disse Justin.
_  NÃO. EU QUERO SAIR DAQUI. ME TIRA DAQUI.
_  É só pular. - disse Chaz.
_  EU NÃO QUERO... EU TENHO MEDO DE ALTURA. OH CÉUS. ME TIRA DAQUI BIEBER.
_  Pula Jan, eu vou estar aqui esperando você.
_  Eu não quero Juss, eu não quero.

             De repente, só senti o frio na barriga.
O idiota do Ryan tinha me empurrado.
Filho de uma puta.
Vagabundo.

               Aquela bicha voltou só pra me empurrar.

_  EU VOU TE MATAR SEU VEADO. DESGRAÇADO.

          Sim, eu estava chorando, os meninos rindo.
Justin estava rindo.
Ele não me ajudou.

_  IDIOTAS.

             Nadei até a superfície e sai em direção da casa.
Tomei um banho e quando estava penteando meus cabelos, escutei alguém bater na porta.

_  Quem é?
_  Sou eu Jan.

              Aquela voz, aquela voz que é perfeita em todos os sentidos e que me faz um bem danado.

_  Entra.
_  Desculpa, mas foi engraçado.
_  Não Justin, não foi. Você sabe que eu demorei a me acostumar com o mar novamente depois que eu quase morri afogada. Que saco.
_  Eu sei, mas esquece isso pequena.
_  Eu vou dormir.
_  Posso dormir com você?
_  Tem um quarto ali do lado que é onde você dorme.
_  Para de grosseria.
_  Então dá licença.
_  Que saco.
_  Que saco digo eu, não quero dormir com ninguém, quero ficar sozinha.
_  Não sei como te aguento, sério. Você é muito chata, fica grilada por qualquer coisa.
_  SAI DAQUI.
_  Viu só? Isso não é motivo para você estar assim. E muito menos pra ficar gritando comigo.
_  E qual é o motivo de se drogar?
_  PORRA! Vai jogar isso na minha cara toda vez agora?

             Eu comecei a chorar de novo. Ando muito sentimental.

_  Desculpa.

           Me sentei e coloquei as mãos sobre o rosto que estavam sobre minhas coxas.

_  Vem aqui pequena.

        Justin se sentou perto de mim e puxou levemente meu rosto.

_  Eu não quero mais brigar com você.
_  Desculpa, eu não vou mais jogar isso na sua cara.
_  Tudo bem minha princesa, esquece.

           Nos encaramos por alguns minutos.
Justin colocou uma mexa do meu cabelo para trás e ficou segurando meu rosto de uma forma como se nunca quisesse soltá-lo. 

           Justin selou nossos lábios e logo pede passagem com sua língua e eu cedi. O beijo era calmo e apaixonante, como se o mundo lá fora estivesse parado. Eu agarrei mais em sua nuca e o puxei para mais perto. Bieber intensificou um pouco mais o beijo, mas ele ainda continuava sem pressa nenhuma. 

          Meu Deus que beijo... parecia que eu estava voando, uma sensação única. Era o beijo mas quente que eu já dei em toda a minha vida, parecia que nossas línguas foram feitas uma pra outra, como se fossem a últimas peças para encaixar um quebra cabeça. 

Paramos o beijo com alguns selinhos e nossas respirações estavam ofegantes.


...
-  continua  -
Para quem não leu "One more Nigth" ou se leu e quer ler de novo, clique aqui que estou postando no anime *-*
5 Comentários

 Beijos,
Dani.

Selinho que a Bruna linda me deu *-*

Obrigada chuchu ♥

7 comentários:

  1. aaaaaah' nossa q perfeito esse capítulo *u* eles se beijaram finalmenteeee aaain tá muito divo continua !

    ResponderExcluir
  2. OMB eles se beijaram *-* continuaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Perfeiçao define, continua logo

    ResponderExcluir
  4. selinho pra tu:) http://www.imaginebeliebercometrue.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. ameeei , perfeição dms , awn <3

    ResponderExcluir
  6. Cooooontinua, please ;-)
    By: isaaa

    ResponderExcluir
  7. Cooooontinua, please ;-)
    By: isaaa

    ResponderExcluir

Beijos e até o próximo capítulo *-*

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal